publico7

Após uma sexta-feira bastante chuvosa, um forte e belo sol brilhavam no céu da cidade maravilhosa na manhã de sábado, 15 de novembro, feriado nacional. Mesmo com a temperatura bastante elevada, cerca de cem mil pessoas, segundo os organizadores, estiveram presentes na Praça da Apoteose para a apresentação da banda Hillsong da Austrália.

dsc02622

O evento foi organizado pela Comunidade Evangélica Internacional da Zona Sul e atraiu caravanas de diversas cidades do país.  

Sabrina Silva, estava bem à frente do palco. Ela veio em uma caravana de Minas Gerais, juntamente com os seus dois filhos adolescentes e levou cerca de sete horas de viagem.

– Cheguei aqui as 08h da manhã. As pessoas que vieram comigo foram conhecer a praia, eu achei melhor ficar aqui e garantir um bom lugar.  

O estudante Mael, 19 anos, saiu do Recife-PE, para conhecer novos amigos e assistir ao show da banda.

– Sai do Recife, no domingo dia 09 e fui para São Paulo conhecer alguns amigos que fiz através da comunidade oficial da banda no Orkut. Fiquei lá até sexta-feira e vi ao show conhecer o restante da galera – contou Mael.

O grupo era um dos mais animados, e reuniu pessoas de diversos estilos, cidade e etc. O advogado Wellington, 25 anos, que veio de São Paulo, levou cerca de oito horas de viagem, já a estudante Raquel, 19 anos que veio de Juiz de Fora-MG e outros de algumas cidades do estado, levaram cerca de quatro horas de viagem até o local.    

dsc02625

Já a bióloga Danielle Vasconcelos, 23 anos. Levou cerca de nove horas de viagem de Vitória-ES até o Rio de Janeiro, numa caravana de aproximadamente 42 pessoas de diversas denominações.

dsc02632

Fernando Araújo, de 29 anos, saiu de Belo Horizonte-MG na sexta-feira à noite, com uma caravana de suas igreja.

– Minha música preferida é “Take it all”. Aproveitamos a viagem para conhecer os principais pontos turísticos da cidade – contou Fernando.

Uma galera bem ao estilo carioca de ser, chamava a atenção de todos pelo alto astral, alegria e estilo de se vestir. Os surfistas de Cristo (RJ) deixaram a praia de lado para adorar a Deus, divulgar o seu ministério e curtir o show entre amigos. 

dsc02671

O show teve início às 17h com a apresentação do ministério de dança Mudança da Comunidade da Zona Sul.

Após aproximadamente nove meses longe dos palcos, devido a problemas em sua corda vocal, a cantora Eyshila voltou a se apresentar e subiu ao palco para louvar a Deus pelo milagre em sua vida. Entre suas belas canções, “Chove chuva” foi a que mais empolgou o público.

Em seguida, o grupo Toque no Altar agitou a Praça da Apoteose louvando a Deus com as músicas: “Por todo o lado, A virada, Deus de milagres” e muitas outras.

toque-no-altar

Sambódromo sem samba, não é sambódromo. O pastor Marco A. Peixoto ministrou sobre os ritmos, estilos musicais e tudo mais. Disse que nada é do diabo, todos os ritmos e estilos são de Deus e devem ser usados para adoração a Ele. Neste momento, a Mocidade Dependente de Deus, se apresentou e sacudiu aquele lugar.

samba1

As 19h foi à vez da Comunidade da Zona Sul, louvar a Deus com as suas canções. O público louvava a Deus em um ato de fé com a canção “Basta uma palavra”. Um dos mais belos momentos, foi quando a música “Confiarei” foi ministrada.

dsc02654

Em seguida a cantora Aline Barros agitou a galera. Era uma das apresentações mais esperadas e cantou alguns dos seus principais sucessos. Um dos momentos de maior adoração foi ao som da canção “Sonda-me, Usa-me”.

aline1

Às 21h o momento mais esperado do show. A banda Hillsong subiu ao palco transformando definitivamente aquele lugar em um altar de adoração. Em posse de sua Bíblia, Darlene iniciou a ministração com o Salmo 34: “Proclamem a grandeza do Senhor comigo; juntos exaltemos o seu nome”.

A cada louvor, a presença de Deus se manifestava de uma forma tremenda naquele lugar. O público presente cantava todas as musicas em alto e belo som, gerando alegria e até mesmo surpresa em Darlene Zschech e integrantes da banda. Entre as canções: Might to Save, At the Cross, Take it All, One Way, além de Shout to the Lord.

dsc027352dsc026853

dsc027111

dsc026941dsc027102

Serviço Social

A entrada para o evento, foi um quilo de alimento não perecível, e os mesmo serão doados a instituições de caridade.

Compromisso com a limpeza

Durante todo o evento, membros da Comunidade Zona Sul, recolhiam o lixo que era jogado no chão. Entre eles a atriz Solange Couto, que há três anos faz parte da Comunidade Zona Sul, estava na equipe de organização do evento, com seus filhos.

– Sempre trabalho nós eventos da igreja. E não tem isso de função bonitinha. Dessa vez, fiquei na limpeza. Pedi para catar lixo. Temos o compromisso de entregar a Apoteose limpa – disse Solange.

Gravação de DVD

Durante todo o evento, foram utilizadas diversas câmeras e até mesmo um helicóptero que capturava imagens aéreas do evento. Segundo os organizadores, as imagens possivelmente ser disponibilizadas em DVD ao público.

Hillsong no Brasil novamente

Em entrevista a um site mineiro, o Pastor Marco A. Peixoto, organizador do evento, disse que há grandes possibilidades em trazer novamente ao Brasil a Hillsong no próximo ano e que pretendem fazer uma turnê nacional incluindo outros estados do país.

Depoimento de Darlene Zschech

“Fico muito feliz de poder voltar ao Brasil e perceber que as pessoas estão mais prontas a receber aquilo que Deus quer fazer. O povo brasileiro é muito querido e sei que o Senhor irá usar essa nação para abençoar milhares de outras nações do mundo. Precisamos apenas nos colocar na brecha e estarmos prontos porque o verdadeiro adorador não vive momentos de adoração, mas ele vive uma vida constante de adoração”, afirmou Darlene Zschech ao Grupo MK de Comunicação.

Você esteve no evento? Deixe a sua opinião através do seu comentário.

Reportagem: Raphael Farias.

Fotos: Raphael Farias e Comunidade da Zona Sul.

Colaboração: CEIZS, Jornal Extra e Gospel Minas.

Anúncios