dificuldades_relacoes 

O comportamento ditado pela sociedade atual contraria a Palavra de Deus em muitos pontos. No entanto, essa postura é normalmente aceita. Para algumas pessoas, esse tipo de atitude é conseqüência da falta de orientação bíblica. Até os jovens que se dizem crentes começam a namorar sem pensar nos princípios cristãos que devem orientar seu comportamento. Sem saber para onde estão indo, caem facilmente nas ciladas do Diabo cometendo imoralidade e indo por caminhos que levam à perdição. Muitos fecham os olhos e escolhem mal seus companheiros. E, com o passar do tempo, as conseqüências são desastrosas.

Em nossas igrejas, vemos muitas coisas, ficamos sabendo de problemas que nos dão medo. Há jovens que acreditam ser possível namorar uma pessoa não-crente e depois levá-la para o Evangelho. Pergunto: “Será que vale a pena seguir por esse caminho?” Certamente vários jovens passaram por situações como essa. Isso não me deixa admirado. Em nossas igrejas, rapazes e as moças, muitas vezes, têm atitudes que não agradam aos homens e muito menos a Deus. A inversão de valores hoje é muito grande e tende a piorar cada dia mais. A mídia em geral influencia muito. Ela passa a imagem de que tudo é normal. Os princípios cristãos que nossos pais ensinaram parecem não ter importância. Tudo é festa.

Se você acredita que é possível namorar um não-crente na esperança de que ele venha a se converter depois, para um pouquinho para pensar e colocar suas idéias no lugar. Peça direção a Deus, pois a Bíblia é muito clara. Em 2 Coríntios 5.17, o Senhor nos diz que, “se alguém está em Cristo, nova criatura é. As coisas velhas já passaram; eis que tudo se fez novo”. Se você é nova criatura não deve se misturar com as coisas velhas (o mundo).


Não existe nada melhor do que estar nos caminhos do Senhor e ter uma vida dedicada a Ele. É típico do ser humano viver preocupado com o amanhã. A maioria dos jovens crentes fica ansiosa para saber se a pessoa por quem está interessada é da vontade de Deus. Tudo isso é normal, faz parte da nossa vida, que é constituída por diversas fases. Entretanto, tudo tem seu tempo.

Na igreja, tanto o rapaz quanto a moça devem observar os valores morais e cristãos. O correto é que seja escolhido do jardim de Deus uma jovem ou um jovem que teme ao Senhor, que seja interessado nas coisas divinas. Assim haverá mais possibilidade de o jovem vir a ter um namoro abençoado e um casamento sólido, alicerçado e feliz. Uma jovem temente a Deus será uma ótima esposa, companheira fiel, amiga nas horas mais difíceis, alguém que cuidará de seu esposo e também será uma ótima companheira de oração. Uma esposa assim vai orar em prol do crescimento de seu marido. Afinal, ela sabe que se ele crescer tanto na vida material quanto na vida espiritual, ela também crescerá. A Bíblia diz que a mulher sábia edifica sua casa. A mulher que teme a Deus é sábia. Por sua vez, um jovem temente ao Senhor em primeiro lugar vai amar sua mulher como Cristo amou a Igreja, pois assim a Bíblia ensina. O marido cuidará do lar, protegerá sua amada, será companheiro e amigo.

Então, depois de tudo que já falei, acredito que o ideal para a vida do jovem é começar um relacionamento com alguém que anda nos caminhos do Senhor. E o lugar mais fácil para se encontrar uma pessoa com esse perfil, com certeza, é na Casa de Deus.

Marcos Peres – Igreja Metodista Wesleyana

O que você acha sobre o assunto? Deixe o seu comentário.

 

Quer ler outro artigo sobre o assunto? Quer ficar mais informado (a) sobre esse tema?

Acesse: http://www.conselhosdoceu.com/devona.html

Anúncios