lobo_ovelha

Estas são as perguntas que a maioria dos jovens estão fazendo diariamente, pois grande numero de jovens tem deixado seus corações se levar por pessoas que estão longe de Deus. Quero começar citando um capítulo bíblico que nos diz:

“Não vos prendais a um julgo desigual com os infiéis; porque que comunhão tem a luz com as trevas? Que parte tem o fiel com o infiel? Porque vós sois templo de Deus. Por isso saí do meio deles, e apartai-vos diz o Senhor; e não toqueis em coisa imunda; e ai sim eu vos receberei” (II Corintios 6,14 a 18).

 

Deus nos ordena que não devemos nem tocar no que está no mundo, mas o que leva ao jovem a se relacionar com uma pessoa mundana é a esperança de que com o tempo a pessoa vai se afirmar na igreja, esse é um artifício que satanás tem usado para confundir os jovens que se deixam levar pela EMOÇÃO e se esquecem de viver pela RAZÃO.

 

O que os jovens precisam aprender, é viver primeiro pela razão dos fatos para depois dar lugar para a emoção, pois a emoção poderá te cegar, a bíblia fala que enganoso é o coração do homem e em provérbios 3.7 diz: “Não seja sábio aos seus próprios olhos; teme ao Senhor e aparta-te do mal”.

 

Mas o que os jovens tem falado aos pastores é o seguinte: “Pastor, eu creio que Deus vai restaurar a vida do meu namorado (a), eu tenho fé para isso, você acha que se ele se apaixonar por mim eu não arrasto ele (a) aqui para a igreja? É obvio que uma pessoa irá freqüentar uma igreja evangélica em função de um namoro com você, o fato é que na maioria das vezes a pessoa não estará na igreja em motivo de adoração a Deus, mas sim para manter as aparências em função de um namoro, e isso poderá trazer sérias conseqüências no futuro do seu ministério.

 

Uma certa vez, uma jovem começou a namorar um rapaz do mundo e se apaixonou perdidamente por ele, todos tentaram tirar aquele rapaz da cabeça dela, mas o sentimento que tomou posse dela de forma que a cegou completamente. Ela já não dava mais ouvidos aos pais nem ao próprio pastor e continuou o namoro com a fé de que ele iria se converter, e de fato o moço ouvindo os conselhos dela foi para a igreja e aceitou Jesus. Passando o tempo, ele parecia estar firme na igreja e ela decidiu se casar com o rapaz, e após o casamento, dias depois da lua de mel, ela o chamou para ir à igreja e ele disse: “Eu nunca mais pisarei em uma igreja, eu ia até a igreja e dava glórias a Deus para segurar você até  casamento, é que eu te amava e não queria te perder… Aquela jovem viveu longos anos de angústia na alma porque deixou de viver pela razão para viver somente pela emoção, sendo assim, o jovem do qual ela se casou, nunca mais pisou na igreja.

 

A precipitação na maioria das vezes traz tristes resultados.

 

Viva somente debaixo da orientação de Deus e serás como uma árvore plantada junto a ribeiros de água, a qual dá o seu fruto na estação própria e TUDO quanto fizer, prosperará (Salmos 01.03)

 

AMADOS, NÃO SE PRECIPITEM.

DEUS TEM O QUE HÁ DE MELHOR NESTA TERRA PARA VOCÊ.

 

Cléuvis Casagrande (Conselhos do Céu)

Anúncios