You are currently browsing the tag archive for the ‘Abraão’ tag.

aguia

Mas os que esperam no SENHOR renovarão as forças, subirão com asas como águias; correrão, e não se cansarão; caminharão, e não se fatigarão. (Isaias 40.31)

 

Você nasceu para ser águia e não galinha do mato. Você precisa voar alto, afinal, a águia é o passaro que voa mais alto. Deus nos criou para voar muito mais alto.

 

  1. PÁSSAROS QUEBRAM ASAS

Deus prefere pássaros de asas quebradas.

Você pode ter quebrado as suas asas em alguma área da sua vida.

 

     2. ASAS QUE JÁ FORAM QUEBRADAS, NÃO IMPEDEM NOVOS VÔOS.

Ossos quebrados ficam mais fortes do que antes quando sarados.

Pássaros quebram asas, porém asas que já foram quebradas, não impedem novos vôos.

 

     3. DEUS TEM PREFERÊNCIA POR PÁSSAROS DE ASAS QUEBRADAS:

Asas quebradas, normalmente são conseqüências dos pecados cometidos, porém nem sempre estamos impedidos de voar por causa de uma asa que já foi quebrada.

Não é só o pecado que quebra asas, existem outras questões também:

 

JOSÉ foi traído por sua família;

José foi injustiçado na casa de Potifá;

José foi esquecido na cadeia.

Mesmo em meio de toda essa catástrofe, Deus fez José voltar a voar e ir muito mais alto.

 

teve diversas perdas em sua casa

Há perdas que quebram as nossas asas e chegamos a pensar que não há conserto, porém Deus restituiu tudo e muito mais na vida de Jó.

 

DAVI chorou profundamente pela morte do seu filho, porém tempo depois chegou Salomão.

A vida com Deus não anda para trás.

 

ABRAÃO, perdeu todos os motivos para sonhar na vida, porém Deus mandou conta às estrelas (voltar a sonhar)

Precisamos sair da tenda do pessimismo, incredulidade, medo, fobia e etc.

 

Outros porém, quebraram as asas por causa do pecado, um exemplo foi Jacó que  enganou o pai, vendeu a primogenitude e tudo mais.

 

O Espírito Santo quer te ajudar a voar alto

Pensar lógica, te desespera

Pensar teológica, te trás benção.

 

Deus não mente. O que Ele prometeu Ele vai cumprir.

Deus não perde;

Deus não falha;

Deus não muda.

 

Davi teve sua asa quebrada quando seqüestraram sua família e queriam matá-lo.

O pecado quebrou a asa de muita gente. Não se deixe se prender pela sujeira do pecado. Não troque as bênçãos de Deus pelas sujeiras do mundo.

 

Não é hora de descanso. É hora de continuar lutando (orando, jejuando, trabalhando e buscando cada vez mais a Deus). Deus vai realizar os seus sonhos. Deus vai curar as suas asas quebradas e te fazer voar muito mais alto.

 

Pr. José Armando CIDACO – Igreja Batista em Barra do Imbuí – Teresópolis (RJ)

* Palavra de Deus ministrada no retiro de carnaval da Igreja Missionária Evangélica Maranata

deus_ceu-azul

É bom termos um dia para lembrarmos do nosso pai.

Só que quase nunca dizemos o quanto eles são importantes nas nossas vidas. Tem pessoas que não consegue dizer “Pai, eu te amo”.

 

O sermão de hoje fala de um grande pai: Abraão, um grande patriarca.

 

2.100 aC, Deus chama Abraão para restaurar e redimir a raça humana. Deus queria um homem que fosse seu amigo e desse homem Ele iria fazer uma nação: os israelitas. Uma nação que iria ensinar as outras nações e de onde viria Jesus Cristo.

 

Deus se revela a Abraão e mostra seus planos para ele (Gênesis 12).

Ele creu, juntou a família e saiu de UR (mais ou menos onde hoje é o Iraque) e vai para Canaã, a Terra Prometida. Ali ele ergueu um altar a Deus e continuou a sua caminhada.

 

Gênesis 12.10 – Abraão recebe uma chamada, uma semente, uma visão de Deus. Essa passa a ser a visão da sua vida e ele passa a viver para ela.

Abraão e sua família tinham convicção sobre a visão de Deus. Todos creram e foram em busca da benção. Só que foi ao contrário que aconteceu, havia fome! Para Abraão isso era muito significativo porque ele não sabia o que era fome, em sua terra ele era próspero. Ele deve ter achado estranho aquela fome, pois ele largou tudo para servir a Deus.

Provavelmente ele pensou em voltar, pois ele, sua família e seus animais saíram da abundância para a fome.

Isso já aconteceu com você? Deus te dá uma promessa e acontece ao contrário? Quem não questiona a Deus, numa situação como essa.

Alguns pastores, algumas pessoas fazem o que Abraão fez, largam tudo por Deus e aquilo que deveria ser benção, vira perseguição.

O tempo passa e Abraão começa a ser cobrado. A pessoa que recebe a visão de Deus é a responsável, é a cobrada.

Será que era de Deus mesmo? A gente veio, deixou tudo e agora essa fome? Abraão diante de tudo aquilo deve ter orado e buscado a Deus.

Nós temos uma tendência natural de agir precipitadamente quando estamos sobre pressão. Isso também aconteceu com Abraão. Ele foi para o Egito, sem consultar a Deus e fez tudo errado, e com isso perdeu a chance de viver o sobrenatural de Deus.

Deus levou Abraão a um lugar onde não haveria outra fonte além de Deus. Com certeza o sobrenatural iria acontecer, o Senhor iria se manifestar ali.

Deus usa o sobrenatural para te suprir! Deus faz milagres para você!

Tudo piorou quando Abraão foi para o Egito. Lá a realeza estava procurando belas mulheres. É fato histórico que os egípcios não eram atraídos pelas mulheres egípcias e sim pelas estrangeiras.

 

Gênesis 12:10-20 – Abraão não era bobo e sabia da preferência dos egípcios, ele mentiu e mandou Sara dizer que ela era sua irmã. Descer para o Egito foi desobediência a Deus, e o Senhor desmascarou a mentira e mostrou para Faraó que Abraão tinha mentido. É sempre assim, saiu da presença de Deus e “a casa cai”.

Apesar da desobediência de Abraão, Deus mostrou misericórdia e graça e perdoou Abraão. Deixou ele sair vivo e com a sua esposa.

Deus te chamou para ser filho. Se o filho erra o pai deixa de amá-lo?

Ele te deu a vida eterna… Ele prometeu te amar… Ele prometeu te proteger.

As decisões erradas que tomamos geram conseqüências. Se você ama a Deus, você não pode ficar mandando sempre Jesus para cruz. Você não pode voltar para o “vômito” de onde você saiu e nem pode voltar para aquilo que Deus mandou você abandonar.

Algumas pessoas têm desculpas para as suas próprias mentiras e para seus pecados. Há pessoas que estão em desobediência, estão em pecado e dizem: Deus está me usando, Ele está comigo, Ele tem me abençoado, quando na verdade, Deus não está com você, Ele tem é misericórdia de você.

 

Hebreu 11 – Galeria dos heróis da fé.

Abraão foi o único que não fez milagres, que não pregou que não teve ministério. O que ele fez para estar nessa galeria? A Bíblia diz que Abraão creu e porque ele creu, ele obedeceu.

Não é o que você faz para Deus que é o certo, é o quanto você obedece a Ele. Quem ama obedece.

Abraão aprendeu a lição: saiu do Egito e voltou para a Terra Prometida. Gênesis 13:3-4

 

Abraão e Sara estavam começando sua jornada com Deus. Eles erraram, mas Deus os ajudou a chegar ao centro da vontade Dele e eles aprenderam com os erros.

Nessa vida, nós temos também aprendido. Nós vamos errar sim, mas temos que tentar acertar.

Sobre nós está o Espírito Santo de Deus e por isso temos que buscar qual o caminho certo a seguir.

Faça o que Abraão fez, erga um altar a Deus no seu quarto, na sua casa, e procure a voz de Deus e a Sua orientação.

 

O coração do homem é enganoso e corrupto. Cuidado com as emoções!

Algumas pessoas falam que largaram tudo e fizeram o que Deus queria. Dão o dízimo, as ofertas, mas estão passando fome, e necessidades.

O que está acontecendo? Não estou vivendo o sobrenatural!

Deus é misericordioso e o sobrenatural irá acontecer. Ele quer usar o sobrenatural para que todos vejam que Ele é Deus.

Busque, ore, adore e espere no Senhor.

Muitos dizem: “Pastor errei e estou no Egito; pensei que ia matar a minha fome, mas estou todo enrolado”.

Volte, se arrependa, se concerte com Deus e foge da falsa graça.

Há pessoas que estão se afastando de Deus, porque acreditam na falsa graça, como Abraão acreditou. Ele achou que ao ir para o Egito e a fome passaria.

Clame ao Senhor e Ele dará a direção certa a seguir. Tem coisas que a gente não tem coragem de falar. Coisas que de tanto temor que temos a Deus, não queremos verbalizar a nossa insatisfação.

 

Não dá para contar para ninguém, mas o teu Deus sonda os teus pensamentos e diz que essa fome é proposital, porque é nessa fome que você vai buscá-Lo, vai estar sensível a sua voz e Ele vai te moldar, te dar o caráter de Cristo e vai te ensinar a amar como Jesus amou.

 

A mão de Deus irá te renovar!

 

Deus abençoe

 

Ap. Rina – Igreja Evangélica Bola de Neve (SP)

deserto-2

Em que nos interessa a vida de Abraão?

 

Abraão é conhecido como pai da fé. Em Gl 3:6-9 lemos que ele creu em Deus, e isso lhe foi dado como justiça. Abrão viveu antes da lei, e é um protótipo da salvação pela fé que temos em Jesus.

Apesar disso podemos, ao examinar fatos de sua vida, perceber no próprio exemplo de Abraão o que pode atrapalhar a fé.

 

Lendo Gn 12 a 14 podemos conhecer os detalhes de suas experiências. Em Gn 12 está o chamado de Deus para ele. Deus mandou-o sair de sua terra e tomar posse de uma nova terra, e lhe fez uma promessa extraordinária: Ele seria pai de muitas nações.

 

Seu nome era Abrão (pai exaltado) e vai ser mudado para Abraão (pai de muitas nações).

Depois de já estar na terra, diz o texto (Gn 12:10) que houve fome ali, e ele desceu para viver no Egito. Ali, apesar de ter mentido sobre sua mulher, sai com acréscimo de bens, presente de faraó.

Em Gn 13:1-10 vemos que, após voltar, divide a terra com seu sobrinho Ló. Apesar de Ló ter escolhido a melhor região, Deus abençoou os rebanhos de Abrão e ele continuou a crescer. No capítulo 14, para salvar seu sobrinho, Abrão envolve-se numa luta contra os reis das circunvizinhanças, e sai vitorioso. Após essa vitória (Gn 14:17-10) ele tem um encontro com Melquisedeque, sacerdote, que o abençoa.

 

Todos esses fatos nos impressionam e diríamos: quem não gostaria de ser como Abraão, um homem vitorioso e cheio de fé?

No que a vida de Abraão nos interessa? Desejamos ser como ele e ter a fé que ele teve, mas julgamos isso impossível?

 

Mas Abrão era como nós!

 

Em Gn 15:1-7 (A aliança de Deus com Abraão) Deus começa se dirigindo a Abrão com as seguintes palavras: “Não tenha medo, Abrão!”

 

Por quê Abrão teria medo?

 

Onde há medo não há fé. O medo desqualifica a fé.

Deus fizera diversas coisas por Abrão: ele o defendera, multiplicara seus rebanhos, mostrara a ele a terra que prometera. Mas… a promessa de Deus ainda não se cumprira, Abrão ainda não tinha descendência… E tinha medo.

 

De onde viria esse medo?

 

Podemos observar que as mesmas experiências de vitória de Abrão foram as que demonstraram também suas fraquezas.

 

Quando houve fome, aparentemente Abrão não procurou socorro de Deus, mas foi para o Egito.

No Egito, escondeu que Sarai era sua esposa, para proteger sua vida, em vez de confiar que Deus o guardaria.

 

Abrão teve medo, pois lembrava de suas fraquezas, e talvez pensasse que não merecesse a promessa de Deus por causa delas. Quanto à sua descendência, talvez Deus não vá cumprir a promessa… “Só tenho um servo, Eliezer…” O Senhor ainda não me concedeu descendência, talvez por causa de meus fracassos.

 

Não temos nós também sentido esse mesmo tipo de medo que teve Abrão? Será que foi por causa de minhas fraquezas que Deus não fez? Será que minhas decisões erradas, pouca oração, infantilidade espiritual, enfim, minha humanidade não fez Deus mudar de idéia quanto a cumprir sua promessa?

 

As coisas do passado Deus já perdoou. Ele é fiel. Se tão somente nos arrependermos sinceramente e confiarmos em seu poder para mudar nossa vida, temos pleno perdão!

 

Nossa mente permanece ocupada pensando nas promessas que ainda não foram cumpridas. Deus demora a realizar. Talvez eu deva me contentar com menos do que isso… Talvez eu deva oferecer a Deus o meu Eliezer. Será que mereço o que Deus prometeu?

 

Abrão buscou respostas em sua própria sabedoria, mas a mão do homem não pode criar o que Deus quer fazer. Suas promessas são grandiosas e merecem apenas e tão somente a criatividade divina para realizá-las, talvez de maneira miraculosa, para que a glória seja dele e não nossa.

 

Abrão teme não merecer, e começa a diminuir sua expectativa sobre o que Deus prometeu.

 

No que nos parecemos com Abrão?

Buscamos respostas em nossa própria sabedoria para realizar as coisas que Deus quer fazer por nós. Ele demora, talvez tenha mudado de opinião em relação a mim. Mas a mão do homem não pode criar o que Deus quer fazer!

 

Achamos que perdemos a promessa (medo) por causa de nossas fraquezas e decidimos aceitar menos de Deus.

 

Não perguntamos a Deus, não queremos orar sobre as coisas. Achamos mais fácil pedir perdão depois do que pedir sua permissão antes.

 

Diminuimos nossa expectativa, pois a promessa de Deus parece ser demais, pensamos não merecer.

 

Mas nosso Deus não quer que aceitemos um plano menor que o dele, ainda que pensemos que não merecemos. Ele não mede por nossos merecimentos. Não devemos diminuir nossa expectativa sobre o que Deus fará. Não temos porque duvidar de seu amor e seu poder: Ele é fiel e certamente cumprirá sua promessa.

 

Reflita:

Você tem medo?

Algo que Deus prometeu parece demorar?

Você tem procurado alternativas para as promessas de Deus?

Você tem pensado que não vê a operação de Deus porque não merece?

 

Faça deste momento de reflexão um novo ponto de partida para sua vida com Deus e seu ministério. Aprenda a receber de Deus, esperar e continuar a confiando no que Ele prometeu.

 

Sueli Cajeron, baseada em palestra do Pr. Jack Hayford