You are currently browsing the tag archive for the ‘dúvidas’ tag.

amanhecer1

As promessas do Senhor são confiáveis e infalíveis. Entretanto, muitas pessoas que enfrentam situações difíceis enquanto esperam que aquilo que Deus prometeu cumpra-se em sua vida, costumam perguntar: “Por que as promessas do Senhor não se realizam da maneira como desejamos, e no tempo que achamos ideal, propício?”. Elas não entendem porque às vezes as circunstâncias caminham na contramão das vitórias que Deus prometeu.

Quando você estiver passando por adversidades, lembre-se de que “todas as coisas contribuem juntamente para o bem daqueles que amam a Deus, daqueles que são chamados pelo seu decreto” (Romanos 8.28).

Mesmo que a vida delineie diante de você um panorama de adversidades, de contradições, de situações conflitantes e difíceis, mantenha-se firme na fé, jamais duvide das promessas e da fidelidade do Senhor.

Continue confiante no plano de Deus para sua vida, mesmo sentindo que uma forte ventania e uma grande tempestade o têm envolvido. De acordo com as promessas de Deus, era para estar soprando uma brisa suave. Mas não se deixe abalar. Se o vento é fortíssimo e atrapalha a sua caminhada, não se esqueça de que você tem promessas de Deus, e que Suas promessas não falham. Tudo o que está acontecendo agora é circunstancial, é momentâneo. As dificuldades cessarão.

Mesmo que você esteja debaixo da correção de Deus, não deve esquecer que o Senhor é bom, e que as suas misericórdias duram para sempre. O salmista Davi nos chamou a atenção para isto:

“Porque não passa de um momento a sua ira; o seu favor dura a vida inteira. Ao anoitecer pode vir o choro, mas a alegria vem pela manhã” (Salmos 30.5-6, ARA).

As promessas do Senhor são infalíveis. Espere com fé, pois Ele não se esqueceu de você. Em Isaías 55.8, o Senhor diz:

“Porque os meus pensamentos são mais altos do que os vossos pensamentos”. (Isaías 55.8)

As circunstâncias adversas que surgem antes que as promessas de Deus se cumpram têm que ser consideradas segundo a ótica de Deus, e não segundo a visão limitada do ser humano. Não sabemos nem temos a capacidade de pensar como Deus. Somente após uma entrega total de nossa vida a Jesus é que poderemos “ter a mente de Cristo” (1 Coríntios 2.16). Só então entenderemos porque a vontade de Deus prevalece acima das contradições da vida.

Pr. Silas Malafaia – Assembléia de Deus na Penha (RJ)

* Trecho da mensagem A vontade de Deus e as contradições da vida, pregada no 11º Congresso Pentecostal Brasileiro Fogo para o Brasil.

sonhos

Certamente que a bondade e a misericórdia me seguirão todos os dias da minha vida; e habitarei na Casa do Senhor para todo o sempre” 

Salmos 23

Esta deve ser uma das frases mais doces já escritas. Ler este versículo é abrir uma caixa de jóias. Cada palavra cintila e implora implora para ser examinada diante de todas as dúvidas: bondade, misericórdia, todos os dias, habitar na casa do Senhor para sempre. Elas devastam nossas incertezas como uma equipe da SWAT faz com um terrorista.

Olhe para a primeira palavra: certamente. Davi não disse “talvez”, ou “provavelmente”. Ele acreditava em um DEUS seguro, que faz promessas seguras e oferece uma base segura. Davi teria amado as palavras de um de seus descendentes, o apóstolo Tiago. Ele descreveu DEUS como AQUELE “em quem não há mudança, nem sombra de variação” Tg 1:17.

ELE é um DEUS seguro, e porque ELE é um DEUS seguro, podemos declarar confiantemente: “Certamente que a bondade e a misericórdia me seguirão todos os dias da minha vida” E o que vem depois da palavra CERTAMENTE? “bondade e a misericórdia”. Não apenas bondade, porque somos pecadores necessitamos de misericórdia. Não apenas bondade, porque somos frágeis, necessitamos de bondade. Bondade para prover, misericórdia para perdoar.

Bondade e misericórdia, a escolta celestial do rebanho de DEUS. Se essa dupla não reforça a sua fé, tente esta frase: “todos os dias da minha vida”. Que imensa declaração. Bondade e misericórdia seguem os filhos de DEUS a cada dia, e todos os dias! Pense nos dias que ainda virão. O que você vê? Seja lá o que você prevê, bondade e misericórdia te seguirão.

E o que ELE fará durante estes dias? ELE irá SEGUIR com você. Que modo surpreendente de descrever DEUS! Estamos acostumados a um DEUS que permanece num lugar, um DEUS entronizado. Davi, no entanto, visiona um DEUS móvel e ativo. Um DEUS que nos persegue, que vem em nosso rastro com “bondade e misericórdia”.

DEUS é o DEUS que segue. Se assim é, livre-se das suas dúvidas. Não mais se sobrecarregue com elas. Você pode confiar em DEUS. Confie em sua fé, não em seus sentimentos. Você não se sente espiritual todos os dias? Claro que não. Mas, seus sentimentos não tem impacto sobre a presença de DEUS. Nos dias em que não se sentir perto de DEUS, fie-se na sua fé e no que ELE é.

Max Lucado – livro “ALIVIANDO A BAGAGEM”, Ed CPAD