You are currently browsing the tag archive for the ‘Pr. Jayme Soares’ tag.

fazenda

Lucas 13. 10 – 13

O texto fala da cura de uma mulher possessa de um demônio que fazia ela andar encurvada. E enquanto Jesus ensinava numa das sinagogas, aquela mulher foi àquele lugar. O texto diz da seguinte forma: “E veio ali uma mulher possessa….” destacamos a palavra ‘ali’. ‘ali’ indica um lugar. ‘Ali’ é um lugar aonde Deus está agindo de maneira especial. Como é bom perceber o ‘ali’ de Deus. Quantas vezes estamos em determinados lugares em que há um fluir de Deus e não percebemos.

Aquela mulher andava encurvada por dezoito anos. Era uma mulher com uma estatura diminuída, por isso ela era notada por todo lugar que fosse, diferente da mulher do fluxo de sangue, que era possível disfarçar a sua enfermidade. Existem enfermidades na alma que dá para disfarçar, outras são visíveis. 

Quando ela soube que Jesus estava na Sinagoga, ela  não se entregou, nem tampouco se escondeu. Ela não recuou. O diabo pôde até encurvá-la e oprimi-la, mas não pôde roubar dela a sensibilidade de ouvir Jesus e de caminhar até à sua presença. Por muito menos pessoas tem se escondido e recuado. Existem pessoas que só vão até Jesus se alguém lhe convidar. Aquela mulher andava com muita dificuldade, pois poderia perder o seu equilíbrio, mas ela não desistiu. Ela foi até ao seu Senhor.

Será que estou discernindo bem o ‘ali’ de Deus?   Ela foi no dia certo, e na hora certa. Não perca o tempo de Deus, pois este é o tempo do milagre do Senhor na sua vida. Jesus estava naquele sábado. A eternidade preparou uma agenda em que num dia vai convergir você e a benção de Deus. Não perca este tempo! Esta mulher era resignada e inconformada. Ela não estava se importando com os comentários.

Jesus viu aquela mulher porque ela estava no alcance visual de Jesus. Ela estava no ângulo de visão de Jesus. Estava no alcance sonoro de Jesus.   Ela estava numa distância que dava para ouvir a voz de Deus. Existem pessoas que estão restringindo o milagre de Deus porque colocam muitas barreiras na frente. Porque não vão ao lugar aonde o Senhor está. Pessoas que exigem que Deus aja somente no dia que ela vai à Igreja.

Queremos o milagre, mas não queremos a agenda mínima de Jesus. Você está disposto de ir ao encontro de Jesus? Esta mulher não se entregou, apesar da sua dificuldade de andar encurvada. Em Hb 11.34 diz: “… da fraqueza tiraram forças…”   enquanto você não consegue a vitória, vá encurvado aonde Jesus está. Encurvado sim, porém na direção certa.

O que está encurvando você? Uma reprovação numa entrevista de empregos? Um concurso que não conseguiu a média? Um vestibular que não conseguiu passar? Foi a criação que teve? É a violência dentro de casa? De Não ser visto como deveria? De não ser tratado com respeito? São as dívidas? As piadas que você ouve? São os estigmas e complexos de acúmulos de derrotas? Quantas coisas te jogam para baixo. Você está cansado de andar encurvado? De ser humilhado? De não ser reconhecido? Você pode ir ao lugar aonde Deus pode te ver. Há um olhar do Senhor para você! Quanto tempo Jesus precisa para te curar? Nenhum tempo. É instantâneo! Deus quer mudar você por dentro!

Pr. Jaime Soares – Assembléia de Deus em Bonsucesso (RJ)

Para adquiri-la COMPLETA em CD ou DVD, ligue para (21)2270-4543 ou por e-mail livraria@adbonsucesso.com 

silencio

Mateus 15.21 – 28

Muitas vezes enfrentamos problemas que são maiores do que as nossas forças, como esta mulher Cananéia. A filha endemoninhada era um problema que estava acima da capacidade da mãe. Tem problemas que estão acima da nossa capacidade de resolver. Problemas físicos, nós conseguimos até tratar, mas problemas de âmbito natural, nós não conseguimos. Só Jesus consegue resolver problemas espirituais, e Ele nunca está longe. Ele pode solucionar o problema. A solução tem etapas:

1º – ADMINISTRAR O SILÊNCIO DE DEUS.

Quando Jesus ficou em silêncio, os discípulos deram uma sugestão, que está no versículo 23: “Despede-a, pois vem clamando atrás de nós.”

E Jesus responde: “Não fui enviado senão às ovelhas perdidas da casa de Israel.” Mas a sua resposta não foi direcionada para a mulher, e sim para os discípulos. Para os discípulos Jesus dá uma resposta, mas para a mulher não. Parecia que Jesus estava ignorando a mulher. Mas não estava. O silêncio de Deus é momentâneo. E este tempo de silêncio não é uma negativa de Deus ao nosso respeito. Este silêncio, é uma demonstração de amor, para nos tratar e nos fortalecer para ver até aonde vamos chegar.

O mesmo Senhor que fez este milagre, vai também operar em sua casa. Aquela mulher tinha ciência de que Jesus poderia fazer alguma coisa. E ela veio clamando atrás de Jesus. Entenda, ela veio clamando. Existem pessoas que desistiram de ir atrás de Jesus e clamá-lo. Você precisa continuar clamando, mesmo quando há o silêncio. Talvez ela poderia ter ficado em casa, tentando administrar o problema, mas ela era resignada. Ela veio atrás clamando.

O silêncio de Deus não significa que Ele perdeu o controle!

Tenha uma injeção de ânimo! Ele tem o controle de tudo o que acontece na frente, mas também atrás. O diabo quer mais que você fique prostrado em casa. A 1ª coisa que acontece com determinadas pessoas, quando vem a luta, é a prostração. Esteja indo atrás, ao encontro de Jesus, clamando. Isto não é desonra.

Até aonde você está disposto a caminhar clamando?

Aquela mulher era tão resoluta que ela não espera pelo seu marido. Ela arregaça as mangas e parte para resolver.

2º – ADMINISTRAR A INDIFERENÇA DO PRÓXIMO.

Aquela mulher não estava gritando atrás dos discípulos, mas quando eles vão falar dela para Jesus, eles dizem: “Despede-a, pois vem clamando atrás de nós.”  Ele estava focada em Jesus! Ela, além de, enfrentar o silêncio de Deus, teve que enfrentar a indiferença. Jó enfrentou também esta indiferença, quando seus amigos o questionavam sobre o seu relacionamento com Deus.  No meio da luta podemos entrar em crise, porque tem pessoas que vão estar indiferentes à sua dor. Não se importam com o seu clamor e lamento.

Aquela mulher, apesar do silêncio de Deus e da indiferença do próximo, consegue adorar a Jesus.  Jesus falou com ela depois da adoração. Ela focou toda a sua vida em Jesus. Ela superou a dor, o silêncio e a indiferença, e adorou ao Senhor! É assim que devemos agir! O silêncio de Deus é momentâneo, e se você adorar, Deus falará com você.

O milagre aconteceu depois da adoração!

Pr. Jayme Soares – Assembléia de Deus de Bonsucesso (RJ)